Núcleo de Relacionamento com o cliente - NRC: (11) 3067.2820 ou 4003.1858

Blog

Como criar uma estrutura de comunicação virtual para sua empresa

Dizer que a estrutura interna de comunicação é um dos pilares de uma empresa, não é exagero. Para poder realizar suas atividades com eficácia, os colaboradores precisam ser capazes de se comunicar com facilidade e agilidade, estando dentro ou fora da empresa.

As centrais de PABX virtual foram elaboradas a partir da tecnologia de Voz sobre IP (VoIP), podendo operar unicamente com recursos audiovisuais de um computador, dispensando os aparelhos das telefonias tradicionais. Além disso, as chamadas são efetuadas via internet, disponíveis inclusive para dispositivos móveis, garantindo maior mobilidade e estabilidade.

A primeira preocupação, naturalmente, é como fazer a transição entre a antiga tecnologia e o PABX virtual. Que setores devem ser mobilizados? Quais os requisitos? Como essa ferramenta opera hospedada em um servidor seguro e redundante, basicamente não é necessário investir em equipamentos e infraestrutura, nem mobilizar muitas áreas da empresa, até porque é possível aproveitar a rede de computadores e de internet já existentes para o sistema de telefonia.

No entanto, há alguns pontos de atenção que devem ser observados. Pensando nisso, preparamos um checklist com os quatro requisitos básicos para implementar o PABX virtual:

– Computador e dispositivos móveis com boa conexão à internet
Para que as chamadas sejam realizadas com eficiência, sem interrupções, é necessário contratar uma banda larga que dê conta de alimentar continuamente os ramais. Recomenda-se um mínimo de 60 Kbps de download e upload para cada ramal virtual.

– Análise da rede de dados
Além de uma boa conexão, é necessário realizar um monitoramento completo do tráfego, a fim de assegurar que a rede não está sobrecarregada. Quando a taxa de ocupação é muito elevada, a qualidade da voz das chamadas pode ser prejudicada.

– Proteção de ataques
Como qualquer ferramenta de rede conectada à internet, o PABX virtual é vulnerável a ataques e hackers. Por esse motivo, a equipe de TI deve tomar o cuidado de instalar o software com firewall ativo. Recomenda-se reservar uma VLAN específica para os ramais da rede virtuais unificada e outra VLAN para a rede de dados.

– Treinamento das equipes
Como qualquer tecnologia inovadora, é fundamental que os colaboradores estejam familiarizados com as funcionalidades do PABX virtual, para que quando a migração do sistema esteja concluída não haja dificuldades de transição e mau uso que prejudique os serviços.

Portanto, ainda que poucos em comparação ao sistema de comunicação tradicional, o PABX virtual requer alguns cuidados para sua implementação. Sem dúvida, um preço muito baixo para uma ferramenta que vai trazer mobilidade e eficiência para o seu negócio.

Compartilhe: