Núcleo de Relacionamento com o Cliente – NRC
(11) 3067-2820 ou 4003-1858
14 abr 2016

Inteligência artificial exige profissionais mais qualificados

A inteligência artificial promete inovar os computadores e fazer com que executem novas tarefas, além de criar robôs mais rápidos e eficientes. E as empresas já se perguntam se estão preparadas para tantas inovações.

Para entender o futuro tão próximo, a empresa de consultoria Everis, em parceria com a revista inglesa The Economist, ouviu 228 executivos nos Estados Unidos, Europa, América Latina e Ásia-Pacífico.

O resultado é o estudo “Preparação para a digitalização da força de trabalho” que mostra a exigência por profissionais altamente preparados para lidar com a inteligência artificial. Para os entrevistados a ausência de mão de obra qualificada é o maior desafio. A capacidade das empresas para utilizar fontes digitais de trabalho determinará seu sucesso no futuro, segundo 80% dos pesquisados.

O estudo mostra que mais da metade das empresas já tem uma estratégia para abordar a força de trabalho de digitalização, mas apenas 23% começaram a adotá-las. As barreiras comuns são a ausência de conhecimento técnico, processos de negócios com dificuldades de realizar mudanças e uma falta de vontade de inovar.

© 2017 Voitel – Soluções de Comunicação