Núcleo de Relacionamento com o Cliente – NRC
(11) 3067-2820 ou 4003-1858
13 out 2016

Podem faltar 161 mil profissionais de TI e Telecom em três anos

É cada vez maior o déficit de profissionais qualificados em tecnologia da informação e em telecomunicações no Brasil e na América Latina. Até o final desta década, devem faltar quase 450 mil profissionais para preencher as vagas abertas na região, de acordo com o estudo The Network Skills in Latin America, realizado pela empresa de consultoria IDC, a pedido de uma multinacional.

Após avaliar dez países, a pesquisa concluiu que o Brasil terá a maior lacuna de profissionais em rede: somente em 2015, mesmo com a forte crise econômica, o país já enfrentou déficit de 195 mil profissionais capacitados e empregados em tempo integral. O número deve diminuir, mas, ainda será alto: estima-se uma escassez de 161 mil profissionais qualificados, até 2019.  No ano passado a defasagem latinoamericana foi de 474 mil profissionais de redes.

Uma das principais causas é a velocidade da evolução da tecnologia, das infraestruturas e de digitalização. A tecnologia de rede se moderniza rapidamente e exige trabalhadores cada vez mais qualificados em vídeo, nuvem, mobilidade, data center & virtualização, big data, segurança cibernética, Internet das coisas (IoT) e desenvolvimento de software, além das habilidades básicas.

© 2017 Voitel – Soluções de Comunicação