Núcleo de Relacionamento com o cliente - NRC: (11) 3067.2820 ou 4003.1858

Blog

Serviços virtuais são seguros? Conheça 8 motivos para confiar na nuvem

Apesar de estar no mercado há algum tempo, os serviços em nuvem sofrem resistências quando falamos da segurança das informações.

Os serviços virtuais, os quais manipulam todas as informações trocadas entre seus usuários e a nuvem, ainda causam desconfianças por não serem executados nos computadores e servidores alocados no CPD (Centro de processamento de Dados), mas sim em Data Centers, cujo endereço geográfico, de onde uma aplicação está “rodando”, pode até ser desconhecido.

No entanto, exatamente por estar rodando dentro de um Data Center, seus dados estão muito mais seguros do que as informações armazenadas no ambiente local.

Mas será que esta preocupação é real? Utilizar um sistema em nuvem é realmente mais seguro?

 

Confira 8 pontos importantes que podem trazer mais tranquilidade para você e sua empresa:

1. Redução de custos
Os serviços em nuvem trazem a possibilidade de reduções expressivas de investimentos em equipamentos, infraestrutura e aplicações, garantindo que tudo sempre funcione na sua última versão, sem a necessidade de se realizar reinvestimentos em equipamentos e softwares. Resumindo, você estará 24 horas por dia “up to date” em termos de hardware e software para utilizar seus serviços virtuais.

2. Disponibilidade
Apenas com um acesso à Internet, dependendo da aplicação, podemos adicionar um acesso VPN (Virtual Private Network), os serviços em nuvem são acessados de qualquer lugar, por qualquer device (computador, smartphone ou tablet) e a qualquer hora, com toda garantia de disponibilidade dos serviços que os Data Centers Tier 3, que por exemplo oferecem 99,9% de disponibilidade dos serviços.

3. Mobilidade
Desde 2020 passamos por uma necessidade acelerada de colocar os colaboradores trabalhando a partir de suas casas.

Muitas empresas não estavam preparadas porque todos acessavam os serviços dos Servidores do CPD através da rede interna do escritório, mas aquelas que utilizavam serviços em nuvem, conseguiram fazer essa movimentação praticamente “online”.

Os colaboradores dessas empresas que estavam preparadas, se deslocaram para suas casas levando seus ramais de telefonia virtuais, acessaram as aplicações em nuvem através de login e senha e ainda puderam realizar suas reuniões via videoconferência pela integração existente entre essas aplicações de comunicação.

No segundo semestre de 2020, muitas empresas precisaram mudar de local físico, e mais uma vez, as que estavam com seus serviços em nuvem o fizeram de forma tranquila e rápida.

Essa mobilidade, que pode ser expandida para situações em que o colaborador está viajando fora do país, foi o grande diferencial de produtividade, agilidade e resultado dessas empresas.

4. Gestão de TI simplificada
A gestão, instalação e atualização de sistemas corporativos demandam um certo tempo e tendem a ter um custo elevado. Os gestores de TI acabam tendo que lidar com o treinamento e suporte aos usuários, aumentando os prazos para que um novo sistema fique totalmente funcional.

Utilizando um sistema em nuvem, você consegue eliminar grande parte deste problema, ganhando agilidade nas instalações de aplicações, criação e replicação de servidores virtualizados.

O treinamento dos usuários também fica muito mais fácil, já que passa a ser realizado remotamente e, sendo gravado, pode ser consultado e reutilizado.

5. Flexibilidade
A facilidade de personalização e integração com outras aplicações, trazem aos serviços em nuvem uma flexibilidade impossível de ser comparada com sistemas e aplicações locais.

É um sistema que garante à área de TI um melhor controle sobre o número de usuários, aplicações de cada máquina, atualizações de software e proporciona a facilidade de se programar o acesso específico das aplicações por departamentos da empresa.

6. Segurança
Você lembra como as empresas mantinham a segurança de dados antigamente? Como era feito o armazenamento e os backups? Disquete, CD, HD externo e até mesmo pen drive. Mas esse tempo já passou. E agora a tecnologia está ao nosso favor com a computação em nuvem.

Um dos grandes motivos de dúvida quando se fala em computação em nuvem é sobre a segurança de informações confidenciais da empresa. Afinal, de certa maneira, você pode pensar que ele está fora do seu domínio. Mas diferente do que você pode pensar, a segurança de dados é maior quando você usa um software em nuvem. A alta tecnologia é parceira nesse momento.  Os Data Centers seguem padrões internacionais de segurança, como ISO, SSL, criptografia avançada, Firewall entre tantas outras. Ou seja, segurança e defesa muito mais garantida do que serviços locais.

7. Produtividade
Os sistemas em nuvem, por serem online,  possuem uma grande capacidade de centralizar as informações do negócio, bem como permitir o acesso remoto ao mesmo com segurança.

No dia a dia da empresa, e neste mundo cada vez mais competitivo, colaboradores de uma mesma empresa poderem acessar informações e sistemas de filiais distintas, compartilhando e modificando documentos em tempo real, é de grande valia para o quesito produtividade.

Todos têm o controle e visibilidade, em tempo real, do andamento de um projeto ou atividade específica, podendo assim também tomar decisões online sobre os mesmos.

8. Backup
Outro item muito importante para a segurança de dados que a computação em nuvem traz é o backup, de forma rápida e simples.

Sistemas locais demoram horas para realizar um backup, além de muitas vezes envolver mais de uma pessoa.

No universo da nuvem tudo fica mais fácil. Cópias de segurança como o de máquinas virtualizadas, arquivos e base de dados são feitos quase em tempo real e com pouca intervenção humana, reduzindo os riscos de falhas. As atividades são programadas e armazenadas com segurança na nuvem.

E se acontecer algum problema no servidor online, cópias criptografadas das informações podem ser recuperadas automaticamente, sem a necessidade de recorrer a servidores não conectados ou discos físicos.

 

Conclusão
Não existe sistema 100% seguro, mas a infraestrutura em nuvem quase atinge esse objetivo.

Os dados estão seguros na nuvem, mas algumas precauções devem ser tomadas para garantir que tudo funcione perfeitamente. Isso se refere principalmente às políticas da empresa sobre senhas e criptografia.

O armazenamento em nuvem é, por natureza, protegido contra vários ataques cibernéticos e até mesmo desastres naturais, mas a melhor proteção em nuvem do mundo não o ajudará se você usar senhas fáceis de adivinhar ou se alguém de sua organização revelar senhas e outros dados confidenciais a agentes mal-intencionados.

Por isso, é importante ter políticas de segurança claramente definidas para evitar tais cenários.

 

Por Gilberto Cardoso – COO da Voitel

Compartilhe: